Medicina Quântica

19/01/2015 18:02






 


 

Medicina Quântica dará fim a muitas doenças, diz
  Bioengenheiro


 

"A medicina quântica em breve
  estará trazendo cura, e dando fim a doenças atualmente consideradas
  incuráveis", afirmou o cientista Victor José Freire Mattos, especialista
  em bioengenharia, ao jornalista Fernando César Mesquita, no programa Entrevista
  Especial que foi ao ar pela TV Senado no último fim de semana.


 

De acordo com o bioengenheiro, com
  formação em medicina, o corpo humano, antes de ser um complexo bioquímico,
  tem uma composição biofísica. Este é o enfoque da medicina quântica, cujas
  pesquisas têm o objetivo de trazer para a medicina convencional as
  descobertas do campo da física.


 

"A nutrição é a principal
  forma de manutenção da saúde", afirmou Victor Mattos. Ele explicou que o
  organismo humano necessita de vários suprimentos minerais para subsistir. Em
  especial, o cobre, o cromo, o selênio e o cobalto. O bioengenheiro defende a
  tese de que a boa saúde depende da manutenção do equilíbrio físico destes
  elementos.


 

Ele alertou para a escassez de
  oxigênio, cujo percentual, na atmosfera, tem diminuído sensivelmente. Segundo
  Victor Mattos, em vez de 21%, que é a quantidade ideal, a média de ocorrência
  de oxigênio tem estado em torno de 19%. Isto tem comprometido a saúde da
  população e teria uma relação direta com o aumento da incidência de câncer. 
 
  Victor reforçou a noção de que os aspectos de ordem emocional e psicológica
  interferem de forma intensa no bom funcionamento do sistema imunológico do
  organismo. "No conflito de uma idéia e uma vontade, sempre triunfa a
  idéia", disse, explicando que o doente precisa deixar de pensar
  continuamente na doença contra a qual está lutando. 
 
  Partindo de seus estudos na medicina quântica, Victor Mattos
  procura explicar alguns fenômenos considerados espirituais. De acordo com
  cientista, pessoas que tenham "dons xamânicos", com excesso de
  sensibilidade, tendem a apresentar sérias enfermidades. Ele também tem
  desenvolvido equipamentos, ainda em fase experimental, para reverter ou
  impedir o aparecimento de doenças.


 

Formado pela Faculdade Nacional
  de Medicina da Universidade do Rio de Janeiro (UFRJ), com doutorado
  em Neurofisiologia pela Universidade de Sorbonne, na França, Victor Mattos
  tem especialização em Neuropsicologia e Psicofisiologia, na própria UFRJ, e
  em Medicina Quântica Integral, na Argentina. Ele já lecionou na
  Universidade Católica da Bahia e do Instituto de Biociência da Universidade
  de São Paulo (USP).


 

 


 

Agência Senado
  (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)


 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!